14
set2017

A nova campanha do Jefpower – “Seja mais power”

No último dia 10, o Jefpower completou dois anos como empresa registrada. Para quem me acompanha, sabe que venho prestando serviços que geram resultados nos objetivos pessoais e corporativos dos meus clientes desde 2011.

Atualmente, o Jefpower oferece serviços de apresentações, treinamentos e consultoria em parceria com as ferramentas:

  • Evernote
  • Azendoo
  • Todoist
  • MindMester
  • Mural
  • Mosckit
  • ContaAzul
  • Pipz
  • Pipefy
  • Canva
  • entre outras.

Durante todo esse tempo, o Jefpower atendeu mais de 100 clientes no mundo todo e adquiriu experiências em diversos segmentos e perfis de culturas organizacionais.

Produtividade e Apresentações Visuais Impactantes são alguns dos desafios das empresas no que se refere a gestão de pessoas e obtenção de resultados superiores. Existe um mundo novo, trazendo obstáculos também nunca vistos. Uma rotina exaustiva, formada por novas tendências, cenários em constantes transformações, novas demandas surgindo a uma velocidade jamais vista. Toda essa complexidade faz parte do dia a dia das empresas e das pessoas.

O trabalho do Jefpower surge justamente para agregar no desempenho de soluções propostas para empresas e pessoas e, por conta disso, o novo posicionamento da marca será “Seja mais power“, buscando fortalecer que os serviços de consultoria, treinamentos e apresentações são relevantes para todos.

O estilo adotado na comunicação visual foi o Memphis que surgiu no final de 1980 quando o designer italiano Ettore Sottsass reuniu seus pares num movimento objetivando criar novos objetos, como uma maneira de provocar o questionamento da influência da forma na funcionalidade. Reunidos ao som de Bob Dylan tocando “Stuck Inside of Mobile with the Memphis Blues Again”, o grupo de designers foi chamado de Memphis, dando início ao movimento que influenciou fortemente o design da década de 80, mixando elementos com essências Art Decô, Kitsch, Futurismo, Pop Art e boas influências de Bauhaus. O estilo que não agrada a todos, por suas formas extravagantes e cores exageradas.

Quer aumentar a produtividade da sua startup, negócio ou projeto pessoal, entre em contato comigo para conversamos. Vou ajudar você!

14
fev2017

Construindo um modelo de negócios canvas no Mural

Para os heavy users da internet ou aqueles que à utilizam com amplo acesso à informação, o que é simples de compreender e fácil de fazer costuma ser a opção mais atrativa. Não é a toa que o Modelo de Negócio Canvas ganhou espaço em uma velocidade impressionante, principalmente no universo das startups, sendo utilizado pela grande maioria dos jovens empreendedores.

Vale ressaltar que o Modelo de Negócios Canvas não substitui o Plano de Negócios: a análise e reflexão sobre o Canvas possibilita o desenvolvimento de um Plano bem estruturado e com maiores chances de sucesso. As mudanças no Canvas interferem automaticamente nas atualizações do Plano de Negócios.

Para quem ainda não está familiarizado com o termo, o Canvas é um mapa simples e visual que aborda os principais pontos que o empreendedor necessita considerar ao trazer o seu negócio para a realidade do mercado.

Abaixo apresento os blocos que contém no Canvas:

PROPOSTA DE VALOR: Aqui você irá pontuar o que o seu negócio vai oferecer para o mercado que realmente terá valor para os clientes.

SEGMENTO DE CLIENTES: Quais segmentos de clientes serão o foco do seu negócio? Sinalize neste bloco.

CANAIS: Como o seu cliente irá comprar e receber o produto ou serviço?

RELACIONAMENTO COM OS CLIENTES: Aqui você vai abordar como o seu negócio se relacionará com cada segmento de cliente.

ATIVIDADE-CHAVE: Destaque as atividades que são essenciais para tornar possível a Proposta de Valor.

RECURSOS PRINCIPAIS: São os recursos necessários para a realização das atividades-chave.

PARCERIAS PRINCIPAIS: São as atividades-chave desenvolvidas de maneira terceirizada e os principais recursos adquirido fora do seu negócio.

FONTES DE RECEITA: Como você pretende obter receita por meio da proposta de valor? Mostre neste bloco.

ESTRUTURA DE CUSTOS: São os custos necessários para que a estrutura do seu negócio possa funcionar.

Todas as informações contidas nos nove blocos vão formalizar a conceitualização do eu negócio, ou seja, a forma como você irá operar e gerar valor ao mercado, definindo fluxos e processos, permitindo uma compreensão e visualização do seu modelo de atuação no mercado.

Ok, entendi até aqui Jeferson. Mas, existe uma maneira de criar o Canvas e poder compartilhar e colaborar com a equipe? Opa, tem sim!

Existe uma ferramenta online para reunir ideias, construir canvas, processos, organizar conteúdos, fazer pesquisa interna, apresentações e outras possibilidades, estou falando do Mural. Nesta ferramenta é possível incluir todos os tipos de conteúdos como vídeos, imagens, documentos, links da internet, mapas, e outros formatos de arquivos de uma forma bem dinâmica.

O Mural disponibiliza vários modelos de canvas, símbolos e formas, fundos e desenhos e outros recursos úteis para aprimorar mais ainda o trabalho. Ainda tem a possibilidade de apresentar o que foi construído no mural com efeitos de zoom que tornam a apresentação bem interessante. Todo o material criado pode ser incorporado, através de um código, em outros sites e até compartilhado nas redes sociais.

O Mural foi construído para ser uma ferramenta colaborativa. Toda a sua equipe pode compartilhar e discutir ideias para encontrar soluções criativas. Você teria interesse em vê na prática como construir um canvas e outras possibilidades no Mural? Clique no banner abaixo e manda uma mensagem para mim informando o dia e horário de sua preferência.

17
jan2017

14 dicas para aplicar o storytelling no seu marketing

Você tem apenas 8 segundos para capturar o interesse dos seus clientes antes que algo mais os atraia e roubem a interação com o conteúdo que você gastou tanto tempo criando e refinando.

Pegue papel e caneta. Abaixo listo 14 dicas infalíveis para você implementar o storytelling no seu marketing digital:

DICA 1

Apresente o seu produto ao vivo junto com objetos relacionados para comunicar as aplicações da vida real.

DICA 2

Incentive uma conversa e/ou debate com legendas convincentes.

DICA 3

Busque alternativas de envolver os fãs e compartilhe suas fotos e vídeos usando o seu produto.

DICA 4

Ofereça a sua audiência uma espiada por trás das câmeras. Não precisa ser polido. Autenticidade triunfa sobre a perfeição.

DICA 5

Decida qual história você quer contar com suas imagens. Seja simples. Separe quais fatos são mais importantes e use seu produto como a conclusão da história.

DICA 6

Faça seus clientes serem heróis e seu produto o superpoder.

DICA 7

Use e encoraje o uso de #hashtags para estender o alcance do conteúdo.

DICA 8

Reaproveite o conteúdo antigo e compartilhe conteúdo de terceiros que complementem sua marca e sua mensagem.

DICA 9

Encontre posts e artigos existentes que sejam somente texto em seu website e adicione imagens complementares para ilustrar o ponto principal.

DICA 10

Reduza posts e artigos em pequenas apresentações visuais.

DICA 11

Link suas imagens! Curtidas e comentários são ótimos, mas não se esqueça de direcionar seus fãs a assinarem ou seguirem sua página.

DICA 12

Adicione botões de compartilhamento social a seu website par que os fãs possam divulgar seu conteúdo.

DICA 13

Teste imagens, monitore métricas e invista no que funciona.

DICA 14

Não tente conquistar todas as mídias sociais de uma vez. Concentre-se inicialmente em uma mídia e domine-a antes de partir para outra.

Gostou das dicas? Compartilhe nas suas redes e promove o conhecimento!

12
jan2017

2017 será diferente!

É importante se pensar sobre cada ação que fazemos todos os dias, mesmo nos momentos de diversão, pois quando temos a consciência de nossos atos, damos um significado para eles e assumimos uma responsabilidade não só com nós mesmos, mas também com o mundo. Nós somos os responsáveis por aquilo que acontece conosco. Quando não existe consciência, somos vítimas e também assassinos de tempo, dinheiro, qualidade de vida e desenvolvimento pessoal.

Muitas vezes tentamos tornar o planeta mais justo ou sustentável, o corpo mais saudável. Enchemos a internet com “selfies” de momentos que nem sempre são reais. Sabemos que andar de bicicleta pode diminuir a poluição no mundo, mas preferimos ir de carro ao trabalho para evitar o suor e a chuva. Todos os dias vemos matérias ou vídeos falando do mal que é gerado por fast-food, e mesmo assim lotamos as filas porque temos preguiça de ir no mercado comprar algo que faça melhor à nossa saúde.

Para que esse ano seja diferente, é necessário que tenhamos consciência das nossas ações, pois elas contribuem para o nosso desenvolvimento em vez de atrapalhá-lo. Se continuarmos a fazer as mesmas coisas sem pensar, podemos estar inconscientemente nos sabotando.

Com o período em que estamos vivendo em nosso país, de altos desempregos, cortes de gastos nas empresas e aumento da inflação, é o momento de buscar fazer a diferença. Eu sou o exemplo vivo de que existe a oportunidade. Sei que ser empreendedor não é nada fácil, são inúmeros desafios e possíveis fracassos que, na maioria das vezes, desmotivam ou interferem no sucesso. Mas, eu sei que a maioria dos negócios já falharam em algum momento e que os melhores aprendizados são adquiridos com os fracassos.

Desejo que em 2017 você faça a diferença, aproveitando mais os seus projetos e metas. Que você permita-se ter novas experiências, conhecer outras culturas, fazer uma viagem de autoconhecimento e consciência dos seus atos e que para cada um deles você seja capaz de responder: “porque você faz o que faz, a cada instante?”.

17
nov2016

5 aplicativos para gerenciar projetos

Tenha consciência que atualmente existem infinitos aplicativos que prometem um monte de coisas, tem sempre um ou outro que agrega vários recursos possibilitando atender grandes necessidades. Há também muitas ferramentas que podem servir melhor para diferentes tipos de negócios.

Para facilitar o seu trabalho de encontrar uma ferramenta interessante com foco no gerenciamento de projetos, eu reunir 5 aplicativos essenciais de produtividade. Estes, sem dúvida, irão ajudar sua equipe a fazer o trabalho mais rápido e de forma prazerosa. Vamos lá?!

EVERNOTE

Tome notas em todos os tipos de formatos (texto, vídeo, áudio, imagem e documento), compartilhar documentos com anotações e receber comentários, bem como, até mesmo organizar contas. Para aqueles que vivem on-the-go, Evernote é o que você precisa. Solicite uma demonstração gratuita e ganhe um bônus, clique aqui.

AZENDOO

banner-mobile

Esta poderosa ferramenta permite que administradores convidem os membros da equipe ou parceiros para compor o “Workspace” (Espaço de trabalho) que posteriormente podem trabalhar de forma colaborativa com os recursos disponibilizados no Azendoo. A ferramenta tem integração com o Evernote, Google Drive, Dropbox, Zapier e outras ferramentas que favorecem organização e produtividade. Solicite uma demonstração gratuita, clique aqui.

TODOIST

Com o Todoist você compartilha projetos, atribui tarefas e gerencia níveis prioritários tudo isso através de um aplicativo simples e ao mesmo tempo complexo, mesmo quando offline. Você pode definir metas semanais ou mensais e acompanhar o progresso dos projetos por cores. Ideal para consultores, autônomos e pequenas equipes. Solicite uma demonstração gratuita e ganhe um incrível bônus, clique aqui.

HOURS

Às vezes é necessários estar ciente do tempo gasto em um projeto para otimizar o trabalho e gerenciar os resultados. O aplicativo Hours atende muito bem essa necessidade, possui um visual clean e é intuitivo. Recomendo muito para consultores e freelancers por serem profissionais com a necessidade de controlar o tempo. Mas, a ferramenta pode ser utilizada por diferentes tipos de equipes.

KAST

O Kast é um aplicativo para comunicação das equipes. Ele permite o envio de áudio, vídeo, imagens e textos. Você cria canais, acompanha o trabalho desenvolvido por colegas e dar feedback sobre um projeto – tudo isso através do seu smartphone. Grandes empresas tem utilizado o Kast para coordenar a comunicação interna da empresa. Vale a pena testar!

O que achou da dicas desses 5 aplicativos? Recomendo algum? Deixe nos comentários.

Facebook
Linkedin
Twitter
Google+